Notícia

Decore com flores

Compartilhar:
26/04/2019

SE A IDEIA É DAR UM AR MAIS ALEGRE E COLORIDO À CASA, NEM PRECISA PENSAR MUITO. ESCOLHA FLORES!

Elas vão bem em qualquer cômodo, inclusive cozinha e banheiro. Basta fazer as escolhas certas. E vale mudar constantemente os arranjos, as espécies e a combinação de cores.

Você pode pedir a opinião do florista, explicando sua necessidade e intenção. Mas é possível, já de antemão, ter algumas orientações e ideias criativas.

Para começar, não há um período ou estação do ano em que as flores sejam mais adequadas. Elas são bem-vindas durante o ano todo.

O principal é cuidar da manutenção, providenciando sombra e água fresca (troque a água com frequência, para que as plantas durem mais).

Embora o sol direto não seja indicado, é importante que no local escolhido haja alguma incidência de luz.

Em ambientes úmidos, como o banheiro, precisa haver também circulação de ar. Espécies que resistem bem aí são antúrio e lírio-da-paz. Já as violetas, flores-de-maio e begônias vão bem na cozinha ou área de serviço, de preferência ficando próximas à janela, mas sem receber sol direto.

No quarto também
A dúvida é comum. Dá para ter plantas no quarto? Claro que sim. Afinal, o gás carbônico liberado não supera a quantia eliminada por qualquer outro ser vivo, portanto, não representa nenhum perigo para a saúde. Ao contrário, algumas espécies ainda contribuem para purificar o ar.

Entre as flores mais escolhidas para alegrar o ambiente interno estão as orquídeas. E alguns tipos, como borboleta, chuva-de-ouro e olho-de-boneca são mais resistentes. O ideal é que recebam luz do sol por pelo menos duas horas diárias, e pode ser luz indireta.

Na sala de estar também é possível apostar em folhagens exuberantes. Enquanto variedades imponentes de flores, como ave-do-paraíso e copo de leite, dão um toque de sofisticação. E outras mais delicadas, como a mosquitinho e as cosmos, esbanjam romantismo. A escolha vai depender do gosto pessoal e também do estilo da decoração.

Uma informação importante é que mesmo pessoas que têm alergia a pólen conseguem conviver bem em uma casa ornamentada com flores. Isso porque flores ornamentais não dispersam seu pólen no ar. Basta ter o cuidado de evitar o acúmulo de material orgânico nos vasos. Evitando que folhas e pétalas caiam na água, por exemplo.

Falando em vasos, se a opção é por arranjos de flores cortadas, uma dica para que durem mais é conservá-las em água fresca, mas não gelada. A troca periódica deve ser feita para que a água esteja sempre limpa. E procure cortar as hastes na diagonal.

(Leia matéria completa em https://bit.ly/2V3627x)

Mais notícias