Notícia

Francis Hime no Sesc Sorocaba

Compartilhar:
27/09/2018

O palco do Sesc Sorocaba recebe no dia 27 (quinta), às 20h, o aclamado pianista e compositor Francis Hime. Em seu novo show “Encontros Musicais”, o compositor apresenta suas mais famosas canções, além de dialogar com o público sobre o processo de criação por trás delas.

Compositor, cantor, pianista, arranjador e maestro, Francis Hime é um dos protagonistas da música popular brasileira. O formato deste show é uma espécie de palestra-show, na qual o compositor dialoga com a plateia ao apresentar suas mais famosas canções, tendo como referência seu livro “Trocando em miúdos as minhas canções” que aborda detalhadamente o processo de criação de suas obras, tanto na música popular como na erudita.

Tocando piano e cantando ao lado de Olivia Hime, Francis apresenta um repertório recheado de sucessos, como as canções “Atrás da Porta”, “Meu Caro Amigo”, “Passaredo” e “Vai Passar”, entre tantas outras que devem emocionar o públicoque aprecia o melhor da música brasileira.

A apresentação será no Teatro da Unidade, com ingressos entre R$ 6,00 (credencial plena) e R$ 20,00 (inteira). A classificação etária é livre para todas as idades.

Trajetória do artista
Francis Hime estudou piano desde os 6 anos de idade, no Conservatório Brasileiro de Música. Em 1963, começa a sua parceria com Vinicius de Moraes, com quem compôs inúmeras canções, tais como: “Sem mais adeus, “Anoiteceu”, “A dor a mais”, “Tereza sabe sambar” e outras. Participou de vários festivais de música nos anos 60, quando suas canções foram cantadas por Elis Regina, Roberto Carlos, Jair Rodrigues, MPB-4 e outros. Em 1969, foi para os Estados Unidos, onde ficou quatro anos estudando composição, orquestração e trilhas para filme com Lalo Schifrin, David Raksin, Paul Glass, Albert Harris e Hugo Friedhopfer. De volta ao Rio, em 1973, gravou seu primeiro disco, pela Odeon. Nessa época, sempre escrevendo a música, ele começou a compor com Chico Buarque grandes sucessos, tais como: “Atrás da porta”, “Trocando em miúdos”, “Meu caro amigo”, “Pivete”, “Passaredo”, “Amor barato”, “A noiva da cidade”, “Embarcação”, “Vai Passar”.

No teatro, Francis escreveu trilhas para: “Dura lex sed lex no cabelo só Gumex” de Oduvaldo Vianna Filho, “O rei de Ramos”, de Dias Gomes, “A menina e o vento”, de Maria Clara Machado.

A partir dos anos 80, Francis começou também a escrever peças eruditas. Em 1986, escreveu a sua Sinfonia n°1, apresentada em São Paulo e Campinas com a Orquestra Sinfônica de Campinas regida por Benito Juarez e, em Recife, com a Orquestra Sinfônica de Pernambuco regida por Osman Gióia.

Em 2015, lançou pela gravadora Biscoito Fino o CD e DVD “Francis Hime 50 Anos de Música”. Atualmente se dedica a escrever um concerto em três movimentos para clarinete e orquestra.

SERVIÇO:
Show: Francis Hime – Encontros Musicais
Dia 27, quinta, às 20h.
Teatro. 270 lugares. Livre.
Endereço: Rua Barão de Piratininga, 555, Jardim Faculdade.
Telefone: (15) 3332-9933.

Foto: Francis Hime e Olívia Hime / Crédito fotógrafo: Marcos Hermes/Divulgação

Mais notícias