Notícia

Um barco à beira da poluição

Compartilhar:
03/07/2019

O que faz um barco à beira do poluído Rio Pinheiros, na capital paulista? Desde o dia 24 de junho, quem passa pela marginal do Pinheiros pode ver uma embarcação alaranjada, bem próxima à Ponte Cidade Jardim.

Bastante visível, com seus oito metros de extensão, a peça é uma instalação artística, de autoria de Eduardo Srur, e faz justamente uma crítica à poluição do rio. O nome da obra é “Barco sobre um Rio Enterrado”. O objetivo do artista é registrar o estado da embarcação ao longo dos anos, mostrando sua degradação e desaparecimento ao longo dos anos, em analogia à esperança dos cidadãos, que também se esvai, na expectativa de ver o rio despoluído. Os registros fotográficos serão feitos mensalmente.

"Talvez eu desapareça antes da obra, ou incomode a ponto de ser retirada. Mas certamente é algo que preciso fazer como um alerta insistente para os governantes e as futuras gerações que viverão em São Paulo", afirma Eduardo Srur.

Foto: Divulgação

Mais notícias