Notícia

Zoo de Sorocaba recupera mais de 400 animais silvestres por ano

Compartilhar:
09/05/2019

Cumprindo uma missão de caráter humanitário, o Parque Zoológico Municipal Quinzinho de Barros, vinculado à Secretaria de Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema) de Sorocaba, trata de animais silvestres machucados que são encontrados em residências ou apreendidos pela polícia ambiental. Anualmente, a clínica do zoo recebe cerca de 400 animais por ano. De acordo com cada necessidade, eles passam por procedimentos cirúrgicos e, após a recuperação, são devolvidos à natureza em áreas protegidas.

Segundo a veterinária Cecília Pessuti, diretora de área de Biologia do Quinzinho, são inúmeras as formas com que os animais se machucam ao chegar em áreas urbanas. “Geralmente, animais como sapos e gambás são encontrados atropelados, aves batem em vidraças ou caem em recipientes com óleo e se machucam, especialmente maritacas e corujas. Filhotes encontrados em lajes de casas também são trazidos para cá”, explica a veterinária. Além desses, há casos de serpentes e aranhas, encontradas em residências e apreendidas pela polícia ambiental.

“Como consenso entre os cuidadores de animais (tratadores, biólogos e veterinários), a melhor parte de trabalhar em um ambiente como este é a satisfação de receber o carinho deles, em troca de darmos o melhor nós em cuidar diariamente dos recintos, da saúde e do preparo de suas dietas. Poder observá-los no dia a dia e poder contemplar a natureza do comportamento animal é muito gratificante”, comenta Cecília sobre o comprometimento dos profissionais do zoo.

E tudo isso é feito sem comprometer o foco de atuação do Zoológico Quinzinho de Barros, que é trabalhar pelo bem-estar dos animais que lá residem. Hoje, o parque dispõe de um conjunto de técnicas, chamadas de enriquecimento ambiental, usadas em zoológicos modernos com o objetivo de evitar o estresse de animais. A técnica consiste em criar ambientes mais complexos nos recintos, de acordo com o comportamento e o físico da cada espécie. Assim, eles são estimulados a desempenharem seus comportamentos naturais por meio de desafios físicos e mentais.

Sendo uma das maiores referências em pesquisas na área de biologia e veterinária no Brasil, o Parque Zoológico Municipal Quinzinho de Barros atrai anualmente mais de 20 mil visitantes interessados em educação ambiental e em conhecimento histórico da região, com o Museu Histórico Sorocabano, situado dentro do parque zoológico.

O Parque Zoológico Municipal Quinzinho de Barros está localizado na Rua Teodoro Kaisel, nº 883, na Vila Hortência, e está aberto para visitação diarimente, das 9h às 16h. Ingressos a R$ 4,00 e R$ 8,00

Foto: Divulgação

Mais notícias